Slide background

Instagram

 
Requinte Buffet
Twitter
Revista Parque Elétrico
Marcadores
15 de fevereiro de 2017

Audiência pública promovida pela Fábrica de Cimento Mizu na Comunidade Bonsucesso – Quixeré-CE (3)

 

Representantes da comunidade rural de Bonsucesso, localizada no município de Quixeré (CE), participaram hoje pela manhã de uma audiência pública promovida pela Fábrica de Cimento Mizu, no Salão Paroquial da Capela de Nossa Senhora da Consolação.

O evento teve como objetivo apresentar à população local o Estudo de Impacto Ambiental e Relatório de Impacto no Meio Ambiente (EIA-RIMA) do projeto de implantação da Mineração Polimix, referente à extração de calcário na jazida localizada no Ceará, fronteira com o estado do Rio Grande do Norte.

A audiência ocorreu em continuidade ao processo para expansão da extração de calcário, concentrada atualmente na parte da jazida inserida no RN.

A apresentação do Estudo de Impacto Ambiental foi feita pela Infoambiental Consultoria, empresa contratada pela Mizu para realização da análise.

  • COMPARTILHE
por daniely em 24/01/2017 , dentro de Principal | Faça um Comentário

  Para os estudantes do curso de Assistente de Operações de Controle e Manutenção Industrial, da Escola Formare Mizu, a lição do sábado passado foi sobre solidariedade e o aprendizado se deu fora de sala de aula. Na manhã do dia 21 eles realizaram a entrega de 400 quilos de alimentos, divididos para 22 famílias […]

  • COMPARTILHE
20 de janeiro de 2017

Parte dos alimentos arrecadados durante gincana da Escola Formare Mizu (1)

 

Um grupo de estudantes de Baraúna realizará amanhã, 21, a entrega de 400 quilos de alimentos a 20 famílias carentes que residem no município.

Os gêneros alimentícios foram arrecadados durante uma gincana realizada entre os alunos da Escola Formare Mizu, que estão prestes a completar o curso de Assistente de Operações de Controle e Manutenção Industrial.

A iniciativa é uma das atividades da disciplina de Eletromecânica e Automação, ministrada pelo instrutor voluntário Regivânio Santana, que é um dos supervisores de manutenção da Fábrica de Cimento Mizu.

Além de gêneros alimentícios, os estudantes também arrecadaram roupas, brinquedos e alguns calçados, totalizando 110 peças. 

Fonte: Assessoria

  • COMPARTILHE
28 de dezembro de 2016

carro-pipa-alugado-pela-fabrica-de-cimento-mizu-abastece-comunidade-rural-em-barauna-1

 

Com o período de estiagem prolongada, muitas pessoas enfrentam dificuldades para ter acesso à água potável. Na comunidade rural Velame II, em Baraúna, o problema tem sido minimizado por meio de uma iniciativa da Fábrica de Cimento Mizu.

A unidade fabril possui dois poços profundos e vem custeando o aluguel de um carro-pipa que abastece a comunidade em um sistema de revezamento.

O presidente do Conselho Comunitário do Velame, Raimundo Gonçalves de Mesquita, que acompanha esse processo e mapeia os reservatórios abastecidos, realizou um levantamento. 

Raimundo Mesquita informa que a ação permite contemplar 100% da comunidade Velame II e cerca de 10% da comunidade Velame I.

  • COMPARTILHE
26 de dezembro de 2016

confraternizacao-natalina-da-mizu-barauna-23-12-2016-3

Com um almoço especial ao som de música ao vivo, os integrantes da Fábrica de Cimento Mizu realizaram sua confraternização natalina na sexta-feira passada, 23, na própria sede da unidade de Baraúna.

Os participantes foram recepcionados pelo cantor Fabiano Lima, que animou a programação, e receberam o agradecimento e as felicitações do líder da unidade, André Sutero.

Os alunos da Escola Formare Mizu também participaram do evento.

  • COMPARTILHE
20 de dezembro de 2016

treinamento-sobre-espaco-confinado-ministrado-para-integrantes-da-producao-e-mecanica-6

 

Mais um treinamento está sendo promovido pela Fábrica de Cimento Mizu, em Baraúna. Desta vez, a capacitação que teve início na manhã de hoje é voltada aos integrantes dos setores de Produção e Mecânica, com abordagem do tema ‘Espaços confinados – NR 33’.

O objetivo do treinamento é “estabelecer os requisitos mínimos para identificação de espaços confinados e o reconhecimento, avaliação, monitoramento e controle dos riscos existentes, de forma a garantir permanentemente a segurança e saúde dos trabalhadores que interagem direta ou indiretamente nestes espaços”, conforme a Norma Reguladora 33 (NR 33) da Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT).

A ação é coordenada pelo Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (SESMT Mizu). O responsável pelo setor, Antônio D’Aquino, explica que o treinamento terá duração total de 16 horas, é coordenado pela própria equipe e, ao final, os participantes terão direito a certificado.

De acordo com a CLT, é considerado Espaço Confinado toda e qualquer “área ou ambiente não projetado para ocupação humana contínua, que possua meios limitados de entrada e saída, cuja ventilação existente é insuficiente para remover contaminantes ou onde possa existir a deficiência ou enriquecimento de oxigênio”.

A capacitação terá continuidade durante toda esta quinta-feira, 8, com instruções teóricas e práticas.

 

  • COMPARTILHE
21 de setembro de 2016

circuito-saude-realizado-pela-mizu-para-orientar-seus-integrantes-sobre-cuidados-com-a-saude

Durante uma ação realizada ontem, 20, os integrantes da Fábrica de Cimento Mizu, em Baraúna, foram contemplados com serviços e orientações voltadas à saúde.

As atividades desenvolvidas durante o Circuito Saúde incluíram aferição de pressão arterial, medição da circunferência abdominal e do Índice de Massa Corporal (IMC).

Além disso, tanto os integrantes da unidade fabril como os alunos da Escola Formare Mizu receberam a vacinação contra a gripe.

A programação antecede a 5ª Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho da Mizu (SIPAT), que será realizada no período de 26 a 30 de setembro, nas dependências da fábrica.

Fonte: Assessoria

  • COMPARTILHE
por daniely em 28/07/2016 , dentro de Principal | Faça um Comentário

Dezenas de motoristas participaram da ação promovida pela Fábrica de Cimento Mizu, em Baraúna, na última segunda-feira, 25, data dedicada aos profissionais do volante. A programação, que teve início às 7h30, contou com missa, momento em que foi lembrado o Dia de São Cristóvão, padroeiro dos motoristas. Através do apoio de parceiros, a Mizu levou […]

  • COMPARTILHE
7 de julho de 2016

Mizu lança projeto de incentivo à leitura (1)

Com a participação de vários integrantes, a Fábrica de Cimento Mizu inaugurou ontem (06)   um espaço interno para incentivo à leitura, a Biblioteca Leonardo Martins de Moura.

O nome foi escolhido como forma de homenagear a memória de um antigo colaborador da unidade de Baraúna e grande incentivador da cultura na região.

Com a inauguração do espaço, montado através de doações feitas por líderes da unidade, a Mizu espera agora ampliar o acervo de livros e periódicos sobre diversas temáticas.

“A ideia é de lançar para que a partir de hoje comece de fato a receber títulos e periódicos, referentes à história do Rio Grande do Norte, ao Sertão brasileiro. E que a gente tenha muita poesia e muita literatura de cordel, que era algo que o Léo gostava muito. Léo tem um papel muito importante na comunidade, na história de Baraúna”, acrescentou José Antero.

  • COMPARTILHE
6 de julho de 2016

imagem ilustrativa

Para incentivar o hábito da leitura e promover a difusão do conhecimento entre seus integrantes, a unidade de Baraúna da Mizu Cimentos inaugura nesta quarta-feira, 6, a Biblioteca Leonardo Martins de Moura.

O espaço organizado com títulos doados pelos próprios integrantes da Mizu funcionará através do sistema de empréstimo.

A escolha do patrono da biblioteca é uma homenagem, em memória, a um antigo morador da comunidade que, embora não possuísse um grau de escolaridade elevado, sempre valorizou a educação e a cultura e era um amante da leitura.

Nascido em 26 de julho em 1949, Leonardo Martins de Moura faleceu no dia 29 de junho de 2015, aos 65 anos. Antes disso deu sua contribuição como um dos pioneiros na prática da agricultura irrigada no município de Baraúna e colaborou diretamente para a implantação da fábrica de cimento MIZU na localidade.

Admirador da cantoria de viola e da poesia, o patrono da biblioteca era uma pessoa bastante carismática, que conservava o hábito da leitura e sempre se esforçou para que os filhos tivessem acesso à educação. O esforço foi abraçado pela esposa, a professora Maria do Socorro Barros de Moura, que se empenhou em arrecadar material para enriquecer a educação e a cultura da região.

  • COMPARTILHE
KARENINE FERNANDES
© Copyright 2011. Todos os direitos reservados
a Karenine Fernandes.

Tel.: +55 (84) 8865.1035
Email: contato@kareninefernandes.com
ÚLTIMOS COMENTARIOS
FALE COMIGO

Quer entrar em contato comigo? Simples! Preencha o formulário abaixo.




captcha

REDES SOCIAIS
TOTAL DE VISITAS